English Version

Eventos realizados

Mais de 4.500 profissionais de diversos segmentos, associações e veículos de mídia participaram dos eventos DESIGN FORUM, que apresentou diferentes temas em diversos segmentos de atuação.

 

Conheça alguns cases do DESIGN FORUM:

 

+voltar ao topo

Design Forum Banheiros 2012

 

 

 

 

 

O evento

A palestra de abertura com o designer Silvia Grill apresentou como as mudanças de hábitos contemporâneas influenciam no projeto do ambiente mais reservado da casa, em seguida a palestra do arquiteto Fabio Galeazzo abordou os cuidados para se projetar um ambiente tão especial, um espaço de relaxamento e cuidados pessoais.
O fórum trouxe informações sobre como planejar e projetar um espaço mais sustentável, tecnológico e observar as mudanças de comportamento, estilo de vida, usos e costumesinfluenciam no projeto de banheiros.
Além das mudanças no comportamento do consumidor, o fórum abordou temas técnicos comoiluminação e revestimento e como o uso desses produtos transformam totalmente os espaços, sejam eles grandes ou pequenos, como ter a visão para transformar o banheiro utilizando esses recursos.
Para se debater as influencias atuais e os novos caminhos dos projetos de banheiros para atender o consumidor contemporâneo, Berra Barreto da Editora Abril, moderou o debate final como a participação de Camila Lamberti (Incefra), Fabio Galeazzo (Designer de Interiores) e Fátima Barnabé (Deca).

 

Objetivos do evento

Trazer uma visão futura do ambiente que sofre a maior transformação nas residências no momento. Projetado dentro de padrões sustentáveis, não só nas matérias-primas e equipamentos que reduzem o impacto ambiental e proporcionam projetos modernos e ecologicamente corretos, mas nos novos padrões e estilos devida que pedem mais qualidade e intimidade.

 

Público Alvo

Arquitetos, decoradores, designers de produtos e interiores, moveleiros, marceneiros, projetistas, profissionais do varejo, empresários, profissionais da área comercial e de marketing e estudantes ligados ao setor.

 

Número de Congressistas

122 Profissionais

 

Pesquisa de Avaliação

86% entre bom e excelente

 

Palestrantes


 

Apoio Institucional


 

Apoio de Mídia


 

Patrocinadores

 

 

+voltar ao topo

Design Forum Cozinhas 2008

 

 

 

 

 

O evento

Depois de abordar os temas comportamento do consumidor e como vender melhor, o Design Forum Cozinhas tratou da “Modernidade e Sustentabilidade” nas cozinhas como diferencial competitivo de design, um tema atual com foco na sustentabilidade do processo produtivo e no desenvolvimento de projetos e produtos.

O evento trouxe informações sobre como planejar espaços, projetar, fornecer produtos e equipamentos para Cozinhas Modernas e Sustentáveis, o novo desafio e compromisso dos profissionais que se preocupam com o meio ambiente e com o uso de materiais recicláveis e renováveis.

Para falar de produtos o designer Guto Índio do Brasil, a arq. Yara Cianci, especialista em projetos de cozinhas e fechando o evento, Brunete Fraccaroli uma das principais arquitetas do país, apresentando projetos modernos e sustentáveis.

Ao tratar o Design do ponto de vista do "negócio sustentável" o evento procurou ser, para os profissionais que atuam no segmento de Cozinhas, uma ferramenta de conscientização e divulgação para o desenvolvimento de projetos que preservem o meio ambiente.

 

Objetivos do evento

Abordar a necessidade mundial de utilizar matérias-primas e equipamentos que reduzam o impacto ambiental e proporcionem aos consumidores projetos modernos com produtos ecologicamente corretos, economicamente viáveis e responsavelmente sociais e atenda o perfil do consumidor.

Apresentar aos participantes informações em 6 painéis para desenvolver um projeto sustentável:

  1. Consumidor e o meio ambiente
  2. Materiais construtivos
  3. Iluminação
  4. Mobiliário
  5. Equipamentos para cozinhas
  6. Projeto arquitetônico

 

Público Alvo

Arquitetos, decoradores, designers de produtos e interiores, moveleiros, marceneiros, profissionais do varejo, empresários, profissionais da área comercial e de marketing e estudantes ligados ao setor.

 

Número de Congressistas

243 Profissionais

 

Pesquisa de Avaliação

75% entre bom e excelente

 

Palestrantes


 

Apoio Institucional


 

Apoio de Mídia


 

Patrocinadores

 

 

+voltar ao topo

Design Forum Cozinhas 2010

 

 

 

 

 

 

O evento

O 4º DESIGN FORUM COZINHAS – As Cozinhas de 2020 com os Olhos de 2010, debateu o futuro desse ambiente e do modo de vida das pessoas em um futuro muito próximo.

A transformação desse ambiente acontece há alguns anos com a integração do espaço de Cozinhas e o espaço de estar. As pessoas querem partilhar esse momento com os amigos e familiares. Esse movimento agora se estende para as varandas e sacadas e onde tiver espaço. Mas e no futuro...?

Como viveremos em 2020? O que mudará na alimentação? Como processaremos os alimentos disponíveis? Como as gerações X, Y e Z que nasceram com toda a tecnologia de internet e redes e relacionamento se comportará? Estamos prontos para atender o imediatismo das gerações que estão jogando videogame hoje e terão quase 30 anos em 2020 no auge do consumo e iniciando sua solidificação nas carreiras profissionais? E como serão as gerações que estão por vir?

As transformações do mundo são preementes nas próximas décadas, e algumas sentiremos em breve e, provavelmente, afetarão diretamente o modo de viver, de morar e de comer das pessoas. A reunião de Copenhage, na Dinamarca, no final de 2009 trouxe muitos acordos, diversos desentendimentos, além de boas intenções, mas um assunto importante passou sem discussão, que foi a demanda por alimentos superando a oferta (especial Veja 16/12/2009).

Os números mostram que hoje somos 6,8 bilhões de habitantes e seremos 9,2 bilhões em 2020. Outro dado a ser analisado é que a expectativa de vida passa de 67 para 75 anos e a população que vive nas áreas rurais será reduzida de 50% para apenas 30%. O resultado disso pode ser uma redução na produção de alimentos? Ainda não se sabe, mas se tem certeza que mudanças virão no modo de viver, comer e se relacionar.

Um novo olhar deve ser lançado para as Cozinhas do Futuro. Um novo formato de projetar com integração, funcionalidade e praticidade e toda a tecnologia de equipamentos disponíveis não será o suficiente. Será preciso saber mais sobre os consumidores e o que pensam as gerações X, Y e Z e como elas irão viver, comprar, se relacionar e se alimentar em um futuro que exigirá um cuidado maior com a preservação do meio ambiente.

Como nos alimentaremos preservando o meio ambiente? Que produtos vamos utilizar para reduzir o consumo de água, de energia? Como não transformar uma Cozinha em uma ilha de calor? Com será o uso de madeiras certificadas, tintas, colas e vernizes a base d’água, produtos que não agridem o meio ambiente? As “casas sustentáveis” dentro dos padrões do LEED (Leadership in Energy and Enviromental Design), serão imprenscindíveis e a tecnologia unida a uma boa arquitetura que use materiais, móveis e equipamentos produzidos com responsabilidade social, ecologicamente corretos e economicamente viáveis. Esse é o futuro das residências, a começar pela Cozinha.

O desenvolvimento sustentável deixou de ser bandeira exclusiva de ecologistas e constitui preocupação do setor da construção civil no mundo todo. É preciso olhar para o futuro e começar a preservar já, do contrário a nossa espécie está realmente ameaçada.

 

Veja algumas imagens do evento:

 

 

Veja aqui o álbum completo

 

Objetivo

Trazer uma visão futura do ambiente mais freqüentado da casa – A COZINHA. Projetada dentro dos padrões sustentáveis não só nas matérias-primas e equipamentos que reduzem o impacto ambiental e proporcionem projetos modernos e ecologicamente corretos, mas nos novos padrões de vida e alimentação que teremos nos próximos 10 anos.

Apresentar os novos perfis de consumidores das gerações X, Y e Z, além da Classe C com um potencial de mais de R$ 500 bilhões. Como vão se desenvolver, se relacionar e definir a compra de um projeto de Cozinha no futuro e o que pode alterar na alimentação com as mudanças climáticas e um novo modo de vida.

O evento apresentou aos participantes informações em 6 painéis com os seguintes temas:

  1. Projetar para o Consumidor 2.0 – Case Valcucine
    • Freddy Hermann - Valcucine
  2. Consumidor 2.0 – Quem são as gerações X, Y e Z?
    • Rodrigos dos Reis – Especialista em pesquisa de tendências
  3. Ergonomia – Projetos para Qualquer Idade
    • João Bezerra de Menezes – Especialista em Ergonomia
    • Emiliano Galante – Diretor da Artigiano Cozinhas
    • Carlos Souza – Diretor Editorial da revista RG Movel
  4. Alimentação – Mudança de Hábitos que Podem Mudar os Projetos de Cozinhas
    • Dra. Rosa Vanda Diez Garcia – Nutricionista
    • Angela Tasca – Designer de Interiores
    • Newton Gama – Designer especialista em Linha Branca
    • Vanda Mendonça – Diretora Editorial da revista Casa & Mercado
  5. Focus Group com Consumidores: Tema - Como eu Quero a Minha Cozinha
    Moderação: Silvia Osso – Psicóloga
    • 8 Consumidores de cozinhas: donas de casa, gourmet, profissional de vendas e empregada doméstica
  6. Debate Final: Cozinhas 2.0 - A Cozinha de 2010 com os Olhos de 2010
    • Silvia Osso – Psicóloga
    • Newton Gama – Designer
    • Angela Tasca – Designer de Interiores
    • Yara Cianci – Designer especialista em Cozinhas

 

Público

Arquitetos, decoradores, designers de produtos e interiores, moveleiros, marceneiros, profissionais do varejo, empresários, profissionais da área comercial e de marketing das indústrias de matérias-primas e equipamentos para cozinhas e estudantes ligados ao setor.

 

Número de Congressistas

232 Profissionais

 

Pesquisa de Avaliação

89% entre bom e excelente

 

Palestrantes


 

Revista Design Forum

 

 

Evento Conjunto

 

SAFÁRI URBANO

Coordenação: Sabina Deweik
Tema: Tendências & Consumo
Data: 11/06/2010
Vagas limitadas a 40 profissionais

O SAFÁRI URBANO ocorreu no dia seguinte ao Design Forum Cozinhas com o objetivo de provocar experiência e despertar o sensorial de profissionais de arquitetura, design e mobiliário com foco em tendências & consumo.

Em um dia os participantes tiveram um conteúdo riquíssimo de informação sobre tendências e foram acompanhados de um Cool Hunter, que transmitiu no período da manhã um briefing sobre Tendências & Consumo e como visualizar os sinais que estão nas ruas. No período da tarde partiram a campo em busca de sinais através de visitas programadas em lojas conceito.

 

Apoio Institucional


 

Apoio Educacional


 

Apoio de Mídia


 

Patrocinadores

 

+voltar ao topo

Design Forum Cozinhas 2011

 

 

 

 

 

 

O evento

Um novo olhar para o futuro da cozinha, o ambiente mais freqüentado da casa. Questões sobre como viveremos em 2020, como as gerações X, Y e Z que nasceram com toda a tecnologia de internet e redes e relacionamento se comportarão e até como serão as gerações que estão por vir, geraram uma ótima discussão. As mudanças virão no modo de viver, comer e se relacionar e isso vai influenciar diretamente nos planejamentos de cozinhas.

Freddy Herman da Valcucine abriu o evento apresentando o perfil da marca italiana – uma das maiores do mundo e seu processo construtivo, Rodrigo dos Reis, trouxe informações sobre as gerações XYZ. Dando continuidade ao evento, Helder Filipov da Brastemp falou sobre acessibilidade com o projeto da Whirpool e a designer Yara Cianci falou sobre usabilidade na cozinha. Para abordar as mudanças de hábitos no uso da cozinha o usuário Fernando Curi e as arquitetas Silvia Barakat e Clarice Mancuso participaram de um Talk Show. O arquiteto Guto Requena apresentou projetos sustentáveis e modernos, uma excelente oportunidade para atender consumidores que buscam viver de forma sustentável e moderna. O evento mostrou a importância da conscientização da população e como a tecnologia unida a uma boa arquitetura produzidos com responsabilidade social, ecologicamente corretos e economicamente viáveis reserva um bom futuro.

 

Veja algumas imagens do evento:

 

 

Veja aqui o álbum completo

 

Objetivo

Trazer uma visão futura do ambiente mais freqüentado da casa – A COZINHA. Projetada dentro dos padrões sustentáveis não só nas matérias-primas e equipamentos que reduzem o impacto ambiental e proporcionam projetos modernos e ecologicamente corretos, mas nos novos padrões de vida e alimentação que teremos nos próximos anos.

 

Público

190 profissionais arquitetos, decoradores, designers de produtos e interiores, moveleiros, marceneiros, profissionais do varejo, empresários, profissionais da área comercial e de marketing das indústrias de matérias-primas e equipamentos para Cozinhas e estudantes ligados ao setor.

 

Pesquisa de Avaliação

92% entre bom e excelente

 

Palestrantes


 

Apoio Institucional


 

Apoio de Mídia


 

Patrocinadores

 

+voltar ao topo

Design Forum Cozinhas 2012

 

 

 

 

 

 

O evento

A palestra de abertura com o designer Marcos Batista exemplificou quais as experiências do consumidor no uso das cozinhas e como integrar a arquitetura, eletrodomésticos e mobiliário para desenvolver projetos eficientes.
O fórum trouxe informações sobre como planejar para criar uma cozinha moderna e acessível a todos os clientes, sempre integrando o projeto com o estilo de vida do consumidor e seus hábitos para se criar uma experiência única.
Para pensar em como criar novos produtos e inovar nos projetos através do "design thinking" o Designer Rodrigo Najjar e Giovana de Figueiredo realizaram o "Playstorm", um workshop criativo que resultaram na criação de produtos inusitados e inovadores criados pelos participantes durante a atividade.
Para encerrar o evento o debate final, com moderação de Monica Barbosa do Living Design, discutiu novas ideias e apresentou os principais pontos abordados durante o fórum sobre como melhorar o desenvolvimento do projeto para o ambiente mais frequentado da casa.

 

Veja algumas imagens do evento:

 

 

Veja aqui o álbum completo

 

Objetivo

Trazer uma visão futura do ambiente mais freqüentado da casa – A COZINHA. Projetada dentro dos padrões sustentáveis não só nas matérias-primas e equipamentos que reduzem o impacto ambiental e proporcionam projetos modernos e ecologicamente corretos, mas nos novos padrões de vida e alimentação que teremos nos próximos anos.

 

Público

Arquitetos, decoradores, designers de produtos e interiores, moveleiros, marceneiros, projetistas, profissionais do varejo, empresários, profissionais da área comercial e de marketing e estudantes ligados ao setor.

 

Número de Congressistas

122 profissionais

 

Pesquisa de Avaliação

92% entre bom e excelente

 

Palestrantes


 

Apoio Institucional


 

Apoio de Mídia


 

Patrocinadores

 

 

+voltar ao topo

Design Forum Megatendências 2009

 

 

 

 

 

 

O evento

O Design Forum Megatendencias mudou o patamar desta série de eventos realizados pela Siq Marketing. Palestrantes nacionais e internacionais trouxeram temas focados no futuro do comportamento do consumidor. Um deles foi o sociólogo e presidente do Instituto Future Concept Lab de Milão, Francesco Morace, que palestrou sobre quatro gerações comportamentais pesquisadas por “cool hunters” de todo o mundo.

Dos dez targets pesquisados pelo Future Concept Lab, quatro deles foram apresentados, explicitando comportamentos, características e peculiaridades de cada um e complementados por cases nacionais, onde palestrou o consultor da Alpargatas, Rui Porto, apresentando projetos desenvolvidos para o reposicionamento do produto no universo da moda e do design. Outro case nacional apresentado foi o da Osklen pelo seu CEO Luis Fernando Justo.

Este evento foi desenvolvido em parceria com o Future Concept Lab, que formatou o conteúdo e selecionou os palestrantes.

 

Veja algumas imagens do evento:

 

 

Veja aqui o álbum completo

 

Objetivo do evento

Levar aos congressistas informações sobre um novo consumidor. O consumidor que protagoniza suas compras, de maneira autoral e se diferencia segundo algumas características, como o modo de vida, necessidades, experiências e expectativas.

 

Público Alvo

Empresários e profissionais ligados às áreas de: arquitetura, design de moda, pesquisa, varejo, comunicação, mídia, marketing, desenvolvimento de novos produtos, serviços e estudantes.

 

Número de Congressistas

256 profissionais

 

Pesquisa de avaliação

99% dos participantes avaliaram o evento entre excelente e bom.

 

Parceria

Future Concept Lab – Milão/Itália
www.futureconceptlab.com

 

Palestrantes


 

Apoio Institucional


 

Apoio de Mídia


Revistas

Portais

 

Campanha de Divulgação


 

+voltar ao topo

Design Forum Megatendências 2010

 

 

 

 

 

 

O evento

O 2º Design Forum Megatendências teve um formato diferente do primeiro evento, realizado em parceria com o Future Concept Lab de Milão, que apresentou 4 targets geracionais. O conteúdo do Forum trouxe para os participantes uma visão de tendências e de como buscá-las para as novas gerações X, Y e Z, com a apresentação de um case do conceito dos apartamentos MaxHaus, construídos em São Paulo.

No evento deste ano, sete palestrantes – sendo dois internacionais – apresentaram um conteúdo sobre as tendências das novas gerações e seu jeito de morar e viver, mostrando aos participantes como pesquisar as tendências nas ruas, como testá-las em seu dia-a-dia, novos materiais e cases fechando com uma apresentação de "business innovation".

O evento começou com a apresentação do arquiteto italiano Giorgio Bersano – Graduado pela Politécnica de Milão, complementando seus estudos no Centro de Estudos Urbanos da Wayne State University de Detroit. Autor do livro "Tendenze, Progetto, Prodotto", que apresentou um estudo efetuado na Itália sobre como as indústrias do setor de decoração pesquisam as tendências, projetam e testam no mercado. Muito didático, Giorgio apresentou diversos exemplos e um verdadeiro passo-a-passo para ser aplicado em qualquer perfil de empresa.

O arquiteto Guto Requena e o publicitário Rodrigo dos Reis fizeram uma dobradinha para falar de comportamento, modo de vida das famílias, gerações X, Y e Z e as tendências do que já está ocorrendo em todo o mundo. Rodrigo e Guto pontuaram sobre as características individualistas das novas gerações digitais e que a geração X foi a única que vivenciou a transição do analógico para o digital. Uma experiência única de transformação que jamais será vista. As gerações Y em diante, nasceram em um mundo digital com uma velocidade e conhecimento muito maior. Todos são totalmente conectados pelas redes sociais e pelos equipamentos que o mundo atual oferece. O iPad é mais uma transformação que acabou de chegar e já inicia uma transformação do modo de consumir livros... o que nos reserva para o futuro, ao certo ainda ninguém sabe.

O case apresentado ficou por conta de José Paim de Andrade – presidente da MaxCap, incorporadora que lançou o novo conceito de arquitetura aberta MaxHaus em São Paulo. Paim conceituou a criação e o desenvolvimento do formato dos apartamentos, onde o consumidor é o "autor" de seu espaço, mostrando diversos exemplos de personagens de diferentes características que projetaram seus apartamentos.

Para falar das tendências de cores, a presidente do Comitê Brasileiro de Cores, Elisabeth Wey, mostrou a cartela 2010/2011 e suas combinações para residências e escritórios e os perfis para as novas gerações.

A especialista em materiais sustentáveis, Carolina Piccin, da Sistema Ambiental, levou aos participantes um conteúdo muito rico sobre materiais sustentáveis, uma tendência que já se observa nas novas construções e faz parte do conceito de vida das gerações: preservar para os nossos filhos e netos que virão.

Para fechar o evento uma palestra do consultor de empresas Roberto Panzarani especialista em Business Innovation e professor de Processos de Inovação nas Organizações na Faculdade de Psicologia da Università La Sapienza, na Itália, que tem escritórios em Roma e Nova Iorque em grandes empresas, trazendo um conteúdo econômico sobre inovação nas indústrias. Impossível sobreviver sem inovar seu negócio, seu mercado, seu modo de atuação. Panzarani apresentou alguns cases em uma palestra com muita informação.

O próximo Design Forum Megatendências já está sendo desenvolvido e observando as avaliações dos participantes do evento deste ano, terá ter um foco muito forte na criação e nas tendências de comportamento da próxima década. Consulte informações no site.

 

Objetivo do evento

Proporcionar aos Congressistas um olhar sobre os comportamentos e as tendências de consumo das novas gerações em um mundo interconectado, urbano, informado e dependente cada vez mais das tecnologias para MORAR E VIVER: o "neo-consumidor", apresentando caminhos de como visualizar uma tendência, transformá-la em projeto e desenvolver o produto.

 

Público Alvo

Empresários e profissionais ligados às áreas de: arquitetura, moda, revestimento cerâmico, pesquisa, varejo, comunicação, mídia, marketing, desenvolvimento de novos produtos, serviços e estudantes.

 

Número de Congressistas

164 profissionais

 

Pesquisa de avaliação

85% dos participantes avaliaram o evento entre excelente e bom.

 

Clique aqui e veja a avaliação realizada pelos participantes do evento

 

Progama do Forum


 

Apoio Institucional


 

Apoio de Mídia


Revistas

Portais

 

Patrocinadores

patrocinadores

 

Apoio Especial

eucatex

 

Campanha de Divulgação


 

Evento Conjunto


SAFÁRI URBANO

Coordenação: Sabina Deweik
Tema: Tendências & Consumo
Data: 04/08/2010
Participação: 12 profissionais

O Safári Urbano ocorreu no dia seguinte ao Design Forum Megatendências na região da Vila Madalena, com o objetivo de provocar experiência e despertar o sensorial de profissionais de arquitetura, design e mobiliário com foco em tendências & consumo.

Os participantes tiveram um conteúdo riquíssimo de informação sobre tendências e foram acompanhados pela Cool Hunter Sabina Deweik – sócia do Future Concept Lab no Brasil, que transmitiu no período da manhã – na Livraria da Vila - um briefing sobre as Tendências que estão ocorrendo no momento em todo o mundo, além de um briefing de como visualizar os sinais que estão nas ruas no trabalho de campo. No período da tarde partiram a campo pelas lojas da Vila Madalena, analisando as tendências que cada loja trabalhou no desenvolvimento de vitrine, produtos e serviços.

 

Clique aqui e veja a avaliação realizada pelos participantes do evento

 

Veja aqui o álbum completo do Safári

 

+voltar ao topo

Design Forum Megatendências 2011

 

 

 

 

 

 

O evento

O fórum debateu informações sobre as macrotendências de consumo, as mudanças aspiracionais e qual sua influencia no mundo, proporcionando ao congressista um olhar diferente sobre os comportamentos atuais.

A palestra de abertura com o arq. Rodrigo Marcondes Ferraz do escritório de arquitetura FGMF exemplificou como desconstruir padrões e criar projetos com mais flexibilidade, fluidez e interligação. Na sequencia Sergio Lage (IED), falou sobre o comportamento das mulheres e Rodrigo dos Reis (Inst. Pesq. Tendências Zeitgeist) sobre as experiências de consumo. Uma manhã onde falamos das casas, consumo e usuários.
No período da tarde Roberto Sfondrini, diretor do Design Tools de Milão, apresentou como desenvolver projetos voltados para as necessidades futuras e como observar os sinais presentes nas ruas de todo o mundo e as macrotendências no design de interiores, baseadas nas tendências europeias.
Para encerrar o Design Forum, Pedro Ariel, editor da revista Casa Claudia e Roberto Sfondrini conversaram como as tendências europeias no design de interiores e nas experiências de compra, moradia e entretenimento nas residências influenciam no desenvolvimento das casas no Brasil.

 

Objetivo do evento

 

Público Alvo

229 Congressistas formadores de opinião, entre empresários e profissionais ligados às áreas de arquitetura, design, moda, decoração, construção, alimentação, pesquisa, marketing, comunicação, mídia, internet, marketing, desenvolvimento de produtos e serviços.

 

Pesquisa de avaliação

82% dos participantes avaliaram o evento entre bom e excelente.

 

Apoio Institucional


 

Apoio de Mídia


Revistas

 

Patrocinadores

patrocinadores

 

+voltar ao topo

Design Forum Megatendências 2012

 

 

O evento

O arquiteto Fabio Galeazzo iniciou o fórum com o tema “A vida nas grandes cidades e os impactos nas residências”, e comentou que estamos transformando nossas casas em refúgios. Na sequencia Glaucia Binda falou sobre a nova relação entre o design comportamental e o funcional e o modo como o emocional influencia no consumo. Victor Megido, falou de “Luxo para Todos” e mostrou o luxo como um instrumento de qualidade de vida, independente a classe que pertence.
A novidade do evento, foram as apresentações no formato Pecha-Kucha (originário do Japão, tem o formato de apresentações rápidas com 20 telas no tempo 20segundos cada), que contou com oito profissionais de diversas áreas com temas como: sustentabilidade, iluminação de LED, automação residencial, arquitetura e urbanismo, moda, design e grafite.
Palestras sobre móveis sustentáveis para a classe C renderam boas discussões com o designer Christian Ullmann, que abordou esse assunto sobre as expectativas desses consumidores com relação aos utensílios e móveis para suas casas. Marcos Batista falou sobre as cidades criativas e suas transformações com o olhar do design.
O debate final discutiu o modo que ocorre a evolução das residências, as transformações cotidianas e como isso influencia os diferentes segmentos.

 

Objetivo do evento

O objetivo do 4º DESIGN FORUM MEGATENDÊNCIAS foi trazer informações e apresentar sinais das megatendências que traçam novos caminhos para o futuro do "morar e viver", partindo das mudanças de comportamento e como a vida e a mobilidade nas grandes cidades influência no modo de vida e no interior das residências.

 

Público Alvo

123 Congressistas formadores de opinião compostos de empresários e profissionais ligados às áreas de arquitetura, design, moda, decoração, construção, alimentação, pesquisa, marketing, comunicação, mídia, internet, marketing, desenvolvimento de produtos e serviços.

 

Pesquisa de avaliação

70% dos participantes avaliaram o evento entre bom e excelente.

 

Palestrantes


 

Apoio Institucional

 

Apoio de Mídia

 

Patrocinadores

patrocinadores

 

+voltar ao topo

Design Forum Superfícies 2009

 

 

 

 

 

 

O evento

O primeiro Design Fórum Superfícies deu inicio a uma nova fase para o Design Nacional. Foram reunidos em um só lugar os principais profissionais ligados à área de superfícies em diversos segmentos para apresentar esta nova área de atuação para profissionais de design. Suas aplicações e intersecções em diversos segmentos como moda, automotivo e revestimentos.

A designer Renata Rubim apresentou aplicações de Design de Superfícies em revestimentos, espaços urbanos, produtos e objetos do cotidiano mostrando características e formas de atuação de um profissional da área. Já o designer Jonas Silva, (Depto de Color&Trem da Volkswagen), apresentou o projeto de criação do novo Gol.

Além destes especialistas, estiveram presentes profissionais dos segmentos de papéis, cerâmico, têxtil e superfícies de corian.

 

Veja algumas imagens do evento:

 

 

Objetivo do evento

Divulgar conceitos relativos à área de Design de Superfície, difundir e possibilitar troca de informações entre os profissionais de diferentes áreas no Brasil, apresentando um segmento bastante desenvolvido na Europa e Estados Unidos.

 

Público Alvo

Empresários e profissionais ligados às áreas de: arquitetura, design, varejo, têxtil, marketing, desenvolvimento de produtos, fabricantes de insumos e estudantes.

 

Número de Congressistas

194 profissionais

 

Pesquisa de avaliação

100% dos participantes avaliaram o evento como excelente e bom.

 

Palestrantes


 

Apoio Institucional


 

Apoio de Mídia


Revistas

Portais

 

Campanha de Divulgação


 

Patrocínio

 

+voltar ao topo

Design Forum Superfícies 2010

 

O evento

O 2º Design Forum Superfícies 2010 trouxe novamente uma visão geral das possibilidades de aplicação do design de superfícies em alguns segmentos de atuação como cerâmica e porcelana de mesa, transportes coletivos, têxtil e moda.

A designer de Superfícies Renata Rubim, abriu o evento apresentando uma série de superfícies desenvolvidas dentro dos conceitos sustentáveis, como muito uso de materiais reutilizáveis. Na sequência a especialista em cores, arquiteta e urbanista Lilian Ried, formada pela FAU-USP, que também dirige o Instituto Universo da Cor, desenvolveu uma das apresentações mais bem avaliadas pelos participantes do evento, apresentando diversas formas de aplicações e análise de uso de cores em superfícies e suas reflexões, com a palestra a Cor no Universo Criativo. A seguir a designer Cecilia Cesario, diretora da Oryba, palestrou sobre algumas práticas de design de superfícies nas porcelanas e cerâmicas de mesa.

No terceiro painel do dia o designer italiano Daniele Merla, chefe geral de design da Impress Decor e Glaucia Binda, designer e especialista em marketing da Impress Decor Brasil, fizeram uma apresentação sobre todo o processo criativo de desenvolvimento de papéis para o setor moveleiro, finalizando com a aplicação em um móvel pronto, que foi sorteado para os participantes.

No período da tarde o evento abriu com a apresentação de dois cases diferenciados onde os designers Adriana Shibata Busscar (ônibus) e Carlos Carvalho da Embraer (aviação) demonstraram a aplicação do design de superfícies no interior de transportes coletivos, onde as pesquisas, testes, ensaios, referências e diversidade de clientes são levados em conta para as duas empresas que atendem empresas do Brasil e do exterior.

O evento contou ainda com a participação da Professora Adjunta da UFRGS Evelise Anicet, que é uma das profissionais estudiosas do setor no Brasil e autora do livro "Design de Superfícies" publicado pela UFRGS. A professora Evelise trouxe um conteúdo riquíssimo da aplicação nas áreas têxtil e moda, com a apresentação de tendências de um dos segmentos onde mais se aplica o design de superfícies.

Para encerrar o evento, um debate final moderado pelo Prof. Auresnede Pires Stephan (Eddy), com a participação da designer Ruth Fingerhut (colunista do Portal Revestir), Evelise Anicet, Renata Rubim e Glaucia Binda, abordou a contratação dos serviços de design pela indústria, suas dificuldades e desafios para o futuro.

O próximo Design Forum Superfícies 2011 já está em desenvolvimento e, observando as avaliações dos participantes deste ano, o evento será segmentado em duas áreas: os setores Cerâmico e o Têxtil. A análise está sendo efetuada para serem realizados dois eventos nos principais pólos de cada setor no Brasil, Santa Gertrudes/SP e Criciúma/SC para DF Cerâmico e São Paulo para DF Têxtil.

 

Veja aqui algumas imagens do evento:

 

 

Veja aqui o álbum completo

 

Objetivo do evento

Apresentar aos participantes a aplicação do Design de Superfícies em diversos segmentos da indústria e como eles se relacionam, apresentando conceitos e práticas relativos à área.

 

Público Alvo

Profissionais das áreas de: Arquitetura, Design, Estilistas, Engenharia Têxtil, Moda, Impressão, Artes Plásticas, Desenvolvimento de Produtos, Fabricantes de insumos e Estudantes.

 

Número de Congressistas

90 profissionais

 

Pesquisa de avaliação

87% dos participantes avaliaram o evento entre excelente e bom.

 

Clique aqui e veja a avaliação realizada pelos participantes do evento

 

Progama do Forum


 

Apoio Institucional


 

Apoio de Mídia


Revistas

Portais

 

Patrocinadores

 

Apoio Especial

Impress Decor

 

Campanha de Divulgação


 

Evento Conjunto

 

WORKSHOP CRIATIVO

Coordenação: Renata Rubim
Tema: Tendências & Consumo
Data: 05/08/2010
Participação: 17 profissionais

WORKSHOP CRIATIVO ocorreu um dia após o Design Forum Superfícies – e teve o objetivo de explorar em pequenos grupos o lado criativo no design de superfícies, onde os participantes puderam se aprofundar no tema com uma aula prática e teórica.

Através de diversas situações a designer apresentou aos participantes formas de criar e aplicar o Design de Superfícies.

O evento

Realizado na Livraria da Vila em São Paulo – teve inicio com uma aapresentação de diversas superfícies coletadas pela designer Renata Rubim, que mostrou a todos uma visão de como coletar e inspirar-se para o desenvolvimento do processo criativo. Na sequência os participantes tiveram um trabalho de campo, percorrendo algumas ruas da região e coletando imagens, munidos de suas máquinas fotográficas. A terceira etapa todos selecionaram uma das imagens coletadas e passaram para o papel ou para o computador, redesenhando o que foi coletado e aplicando em uma superfície real (têxtil, parede, papel etc).

Ao final Renata aproveitou o tempo e falou sobre técnica de rapport trocando idéias com os participantes e apresentando alguns conceitos iniciais sobre o tema.

 

Clique aqui e veja a avaliação realizada pelos participantes do evento

 

+voltar ao topo

Design Forum Superfícies 2012

 

O evento

A palestra principal contou com a apresentação em vídeo de Hitosh Ujiie, Diretor do Centro de Excelência de Impressão Digital para Têxtil da Universidade da Filadélfia, que abordou o tema “A Transformação das Ideias...”. Na sequência, Bruno Pompeu (IED), trouxe o tema Semiótica mostrando que o estudo dos signos pode ser realizado em todos os lugares e em meio ao consumismo que nos encontramos por meio das marcas, basta fazer a leitura e observar o movimento das ruas.
A novidade do evento, foram as apresentação no formato Pecha-Kucha (originário do Japão, tem o formato de apresentações rápidas com 20 telas no tempo 20 segundos cada), que contou com seis profissionais de diversas áreas e abordou o tema geral “Olhares que Inspiram”. Participaram um fotografo, grafiteiro, designer, profissional de moda, multimídia, cores e da indústria de painéis de madeira, trazendo insights de como observar as texturas que estão nas ruas. Daniela Zatti, ex-diretora da Cosa (indústria de plásticos), falou sobre como o a aplicação do designer de superfícies pode diferenciar produtos nas prateleiras e transformar empresas – como aconteceu com a Cosa.
Caroline Rodrigues, da Sage Automotive, mostrou as inspirações e técnicas para criar superfícies de tecidos para o setor automotivo para diversos públicos. Para finalizar, o cool hunter Rodrigo dos Reis (diretor do Instituto de Pesquisas de Tendências Zeitgeist), falou sobre como observar as tendências e diferencia-las do que é moda. Rodrigo comentou que “é de extrema importância o entendimento do contexto social, política, econômico e cultural, para analisar tendências”.
O debate final foi moderado pela Carine Hattge do jornal Use Fashion, que teve como tema “Transformar ideias em produtos rentáveis e sustentáveis” contou com participações da designer Renata Rubin, Daniela Zatti, Rodrigo dos Reis e Caroline Rodrigues.

 

Objetivo do evento

 

Público Alvo

88 Profissionais das áreas de Design, Engenharia, Impressão Digital, Arquitetura, Desenvolvimento de Produtos, Comunicação, Fabricantes de insumos e Estudantes.

 

Pesquisa de avaliação

89% dos participantes avaliaram o evento entre excelente e bom.

 

Palestrantes

 

Apoio Institucional

 

Apoio de Mídia


Revistas

 

Patrocinadores

 

+voltar ao topo

Design Forum Milão 2009

 

 

 

 

 

 

O evento

Realizado na sede de um dos principais institutos de pesquisa de tendências do mundo, o evento levou aos congressistas informações sobre as formas de visualizar os sinais do novo consumidor com uma visão sociológica, de Francesco Morace – presidente do Future Concept Lab de Milão, que traçou um comparativo do móvel brasileiro e o que foi apresentado no Salão do Móvel de Milão 2009. Além de tendências mundiais e cases.

 

Veja algumas imagens do evento:

 

 

Veja aqui o álbum completo

 

Veja aqui o álbum do Salão Internacional do Móvel de Milão

 

Objetivo do evento

Proporcionar aos participantes ferramentas para que possam fazer uma leitura dos sinais e tendências do Salão do Móvel, agregando conteúdo à viagem de profissionais do Grupo organizado pela Siq Marketing e demais profissionais que assistiram ao evento.

 

Público alvo

Profissionais dos setores de arquitetura, design e moveleiro.

 

Número de participantes

32 profissionais

 

Parcerias

Future Concept Lab – Milão/IT

 

Palestrantes


 

+voltar ao topo

Design Forum Milão 2010

 

 

 

 

 

 

O evento

Foi realizado em uma das sedes do Istituto Europeo di Design (IED) em Milão. O Instituto foi fundado em 1966 e é um dos principais centros de pesquisa, treinamento e estudos na área de design com sedes nas cidades de Milão, Roma, Turim, Veneza, Madrid, Barcelona e São Paulo, e atua em quatro segmentos: IED Design, IED Moda Lab, IED Artes Visuais e Comunicação. Trata-se de única rede internacional de design.

O conteúdo apresentado foi dividido em 3 partes:

  1. A Importância do Design para o Desenvolvimento do Móvel e dos Projetos de Interiores e como Funciona Este Segmento na Itália
    Apresentado pelo design Michele Capuani
  2. O Valor Agregado do Design no Móvel Italiano e Como Isto Transformou Suas Indústrias
    Apresentado pela designer Valentina Auricchio
  3. Produtos, Projetos e Tendências
    Apresentado pelo arquiteto Giorgio Bersano

 

Veja algumas imagens do evento:

 

 

Veja aqui o álbum completo

 

O evento traçou um comparativo entre móvel brasileiro e o que foi apresentado no Salão do Móvel de Milão 2010, além de tendências mundiais e cases. Foi organizado e realizado pela Siq Marketing em parceria com as empresas Blum Ferragens, Biesse e Dancamac, com o apoio de RG Móvel, Móveis de Valor e Projeto Milano.

 

Veja aqui o álbum do Salão Internacional do Móvel de Milão

 

Objetivo do evento

Trazer informações atuais do ponto de vista de um dos países mais desenvolvidos no setor de design e moveleiro, além de agregar valor e conteúdo à viagem dos profissionais da missão organizada pela Siq Marketing e dos profissionais que inscreveram-se exclusivamente para o evento.

 

Público alvo

Profissionais dos setores de arquitetura, design e mobiliário.

 

Número de participantes

18 profissionais

 

+voltar ao topo