English Version

VIGAS DE CONCRETO À MOSTRA E GRANILITE COLORIDO COMPÕEM APÊ NO COPAN

05/02/2016

Reforma da unidade de 150 m² no famoso prédio paulistano assumiu uma estética brutalista e urbana, a cara da cidade!

O casal de designers Fernanda Ficher e Daniel Trench sempre namorou o Edifício Copan de longe, enquanto passeava a pé pelo centro de São Paulo. O que eles não sabiam é que um dia conseguiriam comprar um apartamento de 150 m² no famoso prédio. Fechado durante cerca de 10 anos, a unidade mantinha o layout original e estava em bom estado, porém a distribuição dos espaços e os revestimentos existentes não agradaram aos novos proprietários. Como uma reforma seria inevitável, o casal encomendou o projeto ao arquiteto Cesar Shundi, amigo de longa data e um dos sócios do escritório SIAA.

Ao longo de nove meses de obra muita coisa mudou: os quatro dormitórios viraram dois, o banheiro amplo foi dividido para que os moradores tivessem um lavabo, a cozinha dobrou de tamanho, o quarto diminuiu para a varanda aumentar, a lavanderia mudou de lugar… Muitas paredes vieram abaixo, mas todas as alterações foram pensadas para que as características da arquitetura do Copan fossem preservadas. Com vigas e colunas de concreto aparente, piso de granilite rosa e tacos de diferentes tonalidades, o apartamento assume as marcas do passado e carrega uma estética urbana que é a cara da cidade.

Confira a história completa no site Histórias de Casa.

Matéria publicada por Arquitetura e Construção digital em 03 de fevereiro de 2016