English Version

VARANDAS DE ENCHER OS OLHOS

07/03/2016

Bem equipadas e esbanjando estilo, elas funcionam como um oásis de relaxamento e convívio. Veja aqui cinco ambientes que propiciam momentos deliciosos aos moradores

RECEBER À BEIRA MAR – Na cidade portuguesa de Cascais, a varanda de 100m² se estende pelo apartamento de veraneio de uma família carioca. O espaço cumpre o papel de sala de estar informal, na medida para os donos curtirem a paisagem e os amigos. À arquiteta Andrea Chicharo, do Rio de Janeiro, coube a tarefa de deixa-lo acolhedora: “Elegi móveis confortáveis de design assinado. Os tons combinam com o mar ali adiante”.

RECANTO MASCULINO – Chegar do trabalho e bebericar um bom drinque, apreciando a vista para o bairro, é um dos prazeres do dono deste apartamento paulistano, que pediu à arquiteta Flavia Sá para transformar a varanda de 8 m² num espaço só dele. Com deque de cumaru, o local ganhou revestimentos e móveis escuros, como o armário de laca, desenhado pela profissional para abrigar os itens do bar.

VONTADE DE TER UM JARDIM – Num prédio dos anos 1940 no bairro de Higienópolis, em São Paulo, esta área de 2 m² atende ao desejo da moradora de estar mais perto da natureza. “Ela gosta de observar os pássaros, por isso plantamos um pé de jabuticaba para que eles apareçam por aqui”, conta Ana Galli, a arquiteta responsável pelo projeto, que uniu peças de design às antigas.

PARA CELELBRAR ENCONTROS – Os fins de semana neste apartamento em São Paulo ficaram ainda mais agitados quando a varanda de 15 m² foi transformada em área gourmet pela arquiteta Eliane Mesquita. O proprietário adora ter os amigos por perto enquanto comanda a churrasqueira e faz questão de dispor de cervejas geladas ao alcance das mãos – na bancada, a geladeira embutida conserva as de marcas premium na temperatura ideal.

MOMENTO DE RELAXAR – Fernanda Dabbur projetou este espaço de 30 m² para que os moradores pudessem curtir a família com alegria nos dias de folga. Aqui, o casal aproveita o tempo livre para ler na companhia dos dois filhos. “Eles queriam tranquilidade, então busquei inspiração na cultura oriental e optei por tons azuis para harmonizar o ambiente”, explica a arquiteta.

Matéria publicada pelas jornalistas Gabriela De Sanctis e Simone Raitzik da Casa Claudia em fevereiro de 2016

1° FOTO. Leve sofisticação - A chaise de Patricia Urquiola (redonda) para a B&B Italia e a de Paola Lenti convidam a descansar. Almofadas da Poeira. No paisagismo de Gonçalo Cruzeiro, a escultural oliveira-anã harmoniza com as palmeiras.

2° FOTO. Sobriedade bem dosada. - Azulejos da Lurca emolduram a mobília sob medida (Modilon Marcenaria). Banqueta amarela da Érea e poltronas Sin, da Artefacto.

3° FOTO. Simplicidade charmosa. Projetada por Marcelo Rosenbaum, a poltrona Meta dá o ar contemporâneo a este canto, recheado de vasos e objetos retrô.

4° FOTO. Cor e descontração. As cadeiras (Fernando Jaeger Atelier) realçam o ambiente com o piso de travertino (Minexco). Armários da Bontempo e objetos da Presentes Mickey e da LS Selection.

5° FOTO. Estante verde. O suporte de metal, idealizado pela paisagista Daniela Ruiz, abriga espécies de sombra e meia-sombra. Colchão da Futon Company, tapetes da By Kamy, almofadas do Empório Beraldin e da By Kamy.