English Version

SEM LIMITES PARA SONHAR

15/09/2016

Gerente de loja especializada no ambiente explica como aproveitar melhor o espaço de acordo com suas necessidades

À frente do setor de mostras da Quartos Etc, a gerente de produtos Alessandra Araújo já viu passar diante de seus olhos as mais diversas propostas para o ambiente. “Até uma pequena mesa de refeições com duas poltronas já foi usada no quarto de um casal”, conta ela, que não mede esforços para viabilizar os sonhos de seus clientes. Mas desde que regras sejam respeitadas. “Ao decorar um quarto é preciso levar em conta tanto questões funcionais quanto estéticas. Uma não deve prevalecer sobre a outra”, afirmou ao Casa.

Com a diminuição dos imóveis, o quarto vem servindo a novas funções. Como o ambiente deve ser planejado?

Embora a função prioritária do quarto continue sendo servir como local de repouso e relaxamento, apenas muito raramente hoje ele é utilizado apenas com essa finalidade. Ele vem servindo como local para estudo ou trabalho, como espaço para se vestir, ler, guardar coisas. Portanto, ter claro o que se espera dele é fundamental antes de começar qualquer arrumação ou projeto. De qualquer forma, seja qual for a versão adotada, o que acho fundamental é que o quarto tenha cara de quarto. Ou seja, que transmita aquela atmosfera reconfortante, aquela sensação de bem estar que te dá vontade de deitar e relaxar depois de um dia corrido

Matéria publicada pelo jornalista: Marcelo Lima do, O Estado de São Paulo em 24 de julho de 2016

1° FOTO. Quarto decorado por Marina Linhares com móvel de apoio na beirada da cama.

2° FOTO. Escrivaninha funciona como apoio lateral à cama em quarto decorado por Suzana Schermann.

3° FOTO. Do escritório Bick & Simonato, posto de trabalho instalado ao lado da cama.

4° FOTO. Gaveteiro como apoio lateral no projeto de Maria Brasil.