English Version

MUSEU BLAU DE HERZOG & DE MEURIN PELA PERSPECTIVA DE UM FOTÓGRAFO

20/09/2017

“Procuramos materiais tão belos como a flor de cerejeira no Japão, tão densos e compactos quanto as formações rochosas dos Alpes ou tão misteriosos e impenetráveis como a superfície dos oceanos. Buscamos materiais tão inteligentes, versáteis e complexos quanto os fenômenos naturais, ou seja, materiais que não apenas atraiam os olhos impressionados do crítico de arte, mas que também sejam realmente eficientes e atraiam todos os nossos sentidos [...] ” – Jacques Herzog

Como várias outras obras de arquitetura do renomado escritório suíço Herzog & de Meuron, o Forum Building, também conhecido como Museu Blau de Les Ciències Naturals em Barcelona, é notável, dentre outra coisas, por sua sensibilidade em relação aos materiais. Um volume triangular de concreto azul-acinzentado, parcialmente perfurado e aberto para revelar o contraste de superfícies reflexivas, o edifício é algo difícil de ignorar, especialmente para um fotógrafo de arquitetura.

Em seu impressionante jogo de superfícies, texturas e padrões, o Forum Building alterna entre escuridão e luz, sólido e líquido, brutalidade e suavidade. Ele flutua e paira, mas também se afirma. Carregado de dicotomias, o edifício ocupa um lugar estranho entre terra e céu que o fotógrafo Denis Esakov, de Moscou, pretendeu explorar nesta série de fotografias . “Convido o espectador a tentar desconstruir o espaço e a realidade ao redor”, diz ele. Para Esakov, fotografar a arquitetura é sua maneira de interpretar o mundo que o cerca.

Matéria publicada por Arch Daily em 18 de setembro de 2017